Resenha: Orgulho e Preconceito - Jane Austen

Editora: Martin Claret
Autora: JANE AUSTEN
N° de páginas: 437
ISBN: 9788572328050

A chegada de dois jovens - o rico e promissor Charles  Bingley e seu amigo, o altivo e ainda mais rico  Fitzwilliam Darcy - à vila de Longbourn causa um  grande alvoroço entre as moças da região.  Especialmente na família Bennet, cujas cinco filhas - a  bela Jane, a sensata Elizabeth, a culta Mary, a imatura  Kitty e a desvairada Lydia - foram criadas com um  único propósito na vida - encontrar um bom marido.  Tudo que elas desejam são os intermináveis  compromissos sociais, bailes e jantares, oportunidades  perfeitas para cumprirem seu destino. 

O título do livro "Orgulho e preconceito" já diz tudo. Pois conta a história de uma moça  chamada Elizabeth Bennet, e de um homem chamado Darcy. Ambos cheios de preconceito e orgulho. Os dois se conhecem em um baile, que Elizabeth e suas quatro irmãs vão. Só que de cara, Elizabeth não gosta dele.
Mas ao decorrer da leitura vamos nos supreender como amor é capaz de superar barreras como o orgulho e o preconceito, e também as diferenças sociais.



Falar desse clássico é uma honra, não tenho palavras para descrever o que sentir ao ler novamente "Orgulho e preconceito." Algum tempo atrás eu tinha lido ele, mas resolvi ler de novo para poder fazer a resenha. E posso dizer com toda certeza que esse livro é um daqueles clássicos, que todo mundo deveria ler. É um livro que envolve a gente do começo ao fim, personagens tão reais, que nós faz pensar e refletir sobre a vida, pois o enredo deste livro mostra exatamente como as pessoas eram, preconceituosas, inseguras, e principalmente orgulhosas, não muito diferente de hoje. Mas também apaixonadas, como é o caso da personagem Elizabeth Bennet.
O melhor de tudo nesse romance e que, muito difrente de outros romances que já li, ele não mostra uma moçã super apaixonada, morrendo de amores, e um rapaz super gentíl e sem defeitos. Ele mostra duas pessoas totalmente diferentes, orgulhosas, cheia de preconceitos, que se odeiam plenamente. O amor vem de mansinho, chega sem ser descoberto, construido gradualmente. E isso é o que mais me chamou atenção neste clássico. 
Orgulho e preconceito não é só um romance qualquer, é um relato onde podemos conhecer sobre os costumes de antigamente, costumes que me deixam pasma até hoje. Como que pode as pessoas se casar sem amor, só porque os pais determinaram isso. Minha vó se casou dessa forma, sem mesmo conhecer meu vô, o amor veio com o tempo. E quando ela me contava a história ficava sempre de boca aberta, e confusa. (Ainda bem que em muitos casos, o casamento dava certo né?!)

Jane Austen soube descrever muito bem a sociedade de sua época. Recomendadíssimo.



Essse livro é uma cortesia da Editora:

12 comments

Gisele Carmona 19 dezembro, 2011

Eu já vi o filme, porém ainda quero muito ler o livro!
Tanto ele quanto o Razão e Sensibilidade (que eu também só assisti ao filme).
Excelente semana para você!!!
Beijos
Gisele Carmona
http://giselecarmona.blogspot.com/

Amanda Cristina 19 dezembro, 2011

Estou super curiosa para começar a ler esse livro. Sempre li resenhas bem positivas e que enchia o livro de comentários bons (a sua é só mais uma prova disso) e acredito que isso fez minha vontade aumentar a tal ponto que mal posso esperar de terminar A Passagem para começar a lê-lo...


Beijinhos, Amanda Cristina.
www.primeiro-livro.com

P.S.: Todos os pontos da Gincana já foram contabilizados sim.

Thaís Cavalcante 20 dezembro, 2011

A resenha do "Razão e Sensibilidade" estava demais, esta então...

Quero muito, muito, muito ler ete livro da Martin Claret! :D

AH! E tem promoção do livro "Julieta Imortal" rolando! (:

http://www.pronomeinterrogativo.com

Jacqueline Braga 20 dezembro, 2011

Este livro é lindo, foi o primeiro da Jane que li, e gostei muito!!!
Amei sua resenha, e o filme também é maravilhoso, tenho o DVD e já assisti muitas vezes!
bjos

Jack
www.mybooklit.blogspot.com

Gabi 20 dezembro, 2011

Nunca li esse livro, mas eu adoooro o filme. Vivo dizendo que vou tirar um tempo pra ler ele, mas nunca consigo. Amei o post!

Beijitos
http://www.bookpetit.com

Evany Bastos 21 dezembro, 2011

Há Poliliana ! Eu tenho o livro e o filme, e muito lindo a historia.
Amei seu post.
Feliz Natal .
Beijos.

Thais Bergmann 21 dezembro, 2011

Ameeeeei a resenha!!
Não sei porque, mas nunca tinha me interessado muito para ler os livros dessa autora, mas eu gostei mesmo das suas descrições e tudo o mais.
Eu adoro romance de época, e isso combinado a mocinhas que não se apaixonam totalmente de cara pelos mocinhos... O livro parece realmente ótimo!
Parabéns pela resenha

Beijoss
Thaís - Berchim e etc

Fernando Gonçalves 21 dezembro, 2011

Olá, parabéns pelo seu blog.
Te convido a conhecer o meu,
http://carmasepalavras.blogspot.com/

;)

Vanessa 21 dezembro, 2011

Morro de vontade de ler Orgulho e Preconceito *-* Nem o filme eu assisti, acredita? Q UAHSUAHSUAS Adorei a resenha e amei o papai noel e sua rena passando aqui no seu blog, que fofo *-* UAHSAUHSAU

Beijos, Vanessa.
This Adorable Thing

Ricardo Miñana 22 dezembro, 2011

Gracias por la recomendación, cuando llegan estos días tan entrañables donde compartimos ilusión y alegrías con mis mejores deseos, ¡feliz Navidad!.
un abrazo.

Marina Carvalho 22 dezembro, 2011

Polly,
Amo este livro. É o meu favorito. O filme também é muito bom. Adorei a resenha e seu blog é lindo.
Parabéns!
Marina - Instante Literário

Pollyanna 23 dezembro, 2011

Obrigada! *.*

Postar um comentário