1 de março de 2012

Resenha: Paixão de Primavera

Título: Paixão de Primavera
Autor: Célia Xavier de Camargo
Editora: Petit
N° de páginas: 359
Compre: Saraiva

Na Rússia dos czares, no início da primavera, um bando de cossacos, cansados de lutar, acampa numa aldeia dos Monteis Urais. Ludmila, uma linda camponesa, apaixona-se por Yuri, o líder dos guerreiros. Seduzido, ele a arrebata, contra sua vontade, e faz dela sua mulher. Dimitri, inconformado com o rapto, quer resgatar a amada, vingar-se derramando sangue. A adorada Ludmila é desejada, amada e traída. Em Moscou, no luxuoso palacete da extravagante madame Trussot, ela convive com aqueles que vendem o amor, mas só entregam o prazer. Se o conde Alexander – vítima de terrível obsessão –, é o seu tormento, Gregory, um rico comerciante, é sua maior esperança. Uma doce paixão de primavera ainda vive em seu coração, ameaçada pelo cruel e traiçoeiro inverno russo, devorador de almas e ilusões...

Ludmila uma moça de quatorze anos vivia em uma pequena aldeia nos montes Urais, na Rússia, com seus pais Boris e Macha. Ludmila atraía a atenção de todos por sua beleza e graça. O mais interessado pela moça era Dimitri Alexeievitch, um jovem trabalhador, honesto e filho dedicado. A família de Ludmila fazia gosto no interesse do rapaz, e todos já imaginavam que o noivado entre ambos já era certo. Mas Ludmila não o amava, assim como não amava nenhum homem. Mas estava disposta a aceitar seu destino se assim fosse.
Ludmila sentia vontade de conhecer outros lugares, novas pessoas, e não conseguia se sentir totalmente feliz. Sua vida era simples e tranquila.
Um belo dia um grupo de cossacos cansados de lutar, pede para acampar na aldeia. Os aldeões ficam com medo e inseguros, mas acabam aceitando. Entre os cossacos havia Yuri, o líder dos guerreiros. A jovem Ludmila não queria admitir, porém sentia-se diferente desde o memento que o viu pela primeira vez. Ludmila não sabia, mais Yuri também só conseguia pensar nela. Os cossacos iriam levantar acampamento no outro dia, mais por obra do destino a carroça deles se quebra, e eles são impedidos de partir. Sem poder se controlar, Yuri vai ao encontro de Ludmila.

"O cossaco abraçou-a com carinho, tentando transmitir-lhe seu calor. A proximidade dele produzia-lhe uma agradável sensação. De repente, ele ergueu seu rosto e beijou-a nos lábios, palpitantes de amor." Pág. 31

Alguns dias depois, a carroça está arrumada e preparada para partir. Ludmila fica agitada só pensar que nunca mais verá seu valente Yuri. Depois de uma conversa, ela diz a ele que não pode deixar seus pais, sua aldeia e amigos, para partir com ele. Yuri fica triste, mais respeita sua decisão. Quando todos os aldeões vão para praça se despedirem dos cossacos, Ludmila e sua família também estão presente. Os dois trocam olhares de dor, desespero e amor. E isso é o bastante para Yuri perceber nela um amor tão intenso, onde havia medo de partir e, ao mesmo tempo, o desejo de segui-lo. E de súbito, toma uma decisão de momento, e rapta sua amada, levando-a em seus braços. Ludmila lutava e gritava, mais Yuri Vanilevitch estava determinado. Seus pais ficam desesperados, e Dimitri inconformado parte em busca  dela, acreditando que a trará sã e salva, sem saber que na verdade o destino reservava outras coisas.
Ludmila passa por muitos acontecimentos, muitas lágrimas são derramadas, o percurso é longo é cheio de espinhos, mas também cheio de amor, perdão e conhecimento. 


Este livro é psicografado pela médium Célia Xavier de Camargo e ditado pelo espírito Leon Tolstói. Paixão de Primaveira é um livro espírita maravilhoso. Aborda assuntos como amor, perdão, conhecimento e espiritualidade entre outros. Recebi este romance da editora Petit, parceira aqui do blog. Já tive a oportunidade de ler outros livros espíritas e digo que sou fã de cada um, e afirmo que "Paixão de Primavera" se tornou meu favorito.
O livro traz uma história que tira o fôlego do leitor a cada página virada. De uma linguagem simples, fluída, "Paixão de primavera" me deixou sem palavras. Não sou espírita, mas à algum tempo atrás, conheci uma amiga que é, e desde então comecei a me interessar cada vez mais. (Conhecimento nunca é demais). 
O livro é bem escrito, uma leitura leve. Conhecer a história de Ludmila foi maravilhoso. Um livro que te faz chorar, rir, brigar se emocionar de todas as maneiras possíveis. Uma lição de vida, é assim que resumo este livro. Ludmila passou por muito sofrimento, muitas provações... Tinha tudo para se tornar uma pessoa cheia de revoltas, mais ao contrário disso ela aceitava seu destino, aguentou tudo com coragem, superando cada obstáculo. Vencendo ou não, ela soube perdoar as pessoas e principalmente a vida. Este romance traz algumas mensagens interessantes e ótimas para reflexão. 
 
"O Altíssimo sempre nos assiste com infinito amor e nos concede aquilo que precisamos para a elevação de nosso espírito."

"Quando plantamos o mal, prejudicando a outrem, colhemos dores e sofrimentos; quando fazemos o bem, sentimo-nos agraciados, pois infinitas bênçãos vertem sobre nós."

A editora Petit fez um trabalho belíssimo em relação a estrutura. A capa tem uma arte linda em alto relevo, e por dentro a cada capítulo, encontramos uma bela imagem floral. TUDO PERFEITO.
Recomendo com certeza, independentemente de religião, fé ou crença. Deixe lado qualquer preconceito, retire todas as barreiras e se deixe apaixonar pela história de Ludmila.


Esse livro é uma cortesia da Editora



 

25 comentários:

  1. Olá,
    Já tinha ouvido falar sobre esse livro, mas é a primeira vez que leio uma resenha sobre ele. Eu já tinha me encantado pela capa e pelo enredo, e depois de ler sua resenha estou muito mais curiosa.
    Adorei a cara nova do blog.
    *bye*

    loucaporromances.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. OLá.
    Não sabia que era um livro psicografado, mas a resenha me deixou com vontade de ler.
    Já tinha visto a capa na saraiva e me encantado.
    Amei a nova carinha do blog, levei um susto quando entrei e vi tudo diferente.
    bjos

    ResponderExcluir
  3. Marla a capa é linda mesmo. E o coteúdo melhor ainda!
    É psicografado Jackqueline, mais não deixa de ser um romance maravilhoso. tenho certeza que você vai gostar!
    Obrigada... Estava meio cansada do Layout antigo. kkkkkk

    ResponderExcluir
  4. A história parece ser ótima. Eu gosto muito de livros psicografados, tenho alguns da Zibia Gasparetto (espírito Lucius), a mensagem que eles passam são realmente lindas!

    Bjinho,
    pirigueteliteraria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oi, tudo bom?
    Realemtne a Editora caprichou no livro e ele me surpreendeu com sua resenha, muito linda viu!
    Parabéns. Quero muito ler ele agora.
    Território das garotas
    @territoriodg
    Bjss *-*
    http://territoriodascompradorasdelivro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Nunca li nenhum livro espírita, muito menos um que tenha sido psicografado. Me interessei muito pela estória parece ser um romance bem intenso, faz bem o meu estilo adoro romances que se passam em outras épocas.Adorei sua resenha.

    Beijinhos

    Jé - Romances e Livros
    @jessikabeach

    ResponderExcluir
  7. Ditado pelo Tolstoi?
    Uau!
    Parece legal!

    Ótima resenha. romances ambientados na Rússia são muito bons!

    Abraço

    http://paposliterarios.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Fiquei curiosa, interessante a historia.
    O amor sempre acima de tudo né?
    Pronto, esta na minha lista de desejos.
    Valeu pela dica, amei sua resenha!
    Bjo
    Ni
    ciadoleitor.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Recebi um marcador do livro e me encantei pela imagem!
    Ótima resenha!!!
    O livro realmente parece ser bom!

    Um beijo,
    Nica

    ResponderExcluir
  10. Priscilla já li "Nada é Por Acaso" da Zibia Gasparetto. Muito bom mesmo!
    Tenho certeza que você vai gostar Nizete. Leve mesmo para sua Wish List.
    Também recebi o marcador Nica. Perfeito.
    Obrigada.

    ResponderExcluir
  11. Oi Polly!
    Nossa que capa mais linda!! Gamei! O livro parece ser uma fofura! Não conhecia, quero ler!

    bjs

    PS> indiquei vc para a Tag das 11 perguntas! Passa lá no meu blog ;)

    ResponderExcluir
  12. Eu estou louca para comprar esse livro...sério mesmo! Amei sua resenha e aaa vc mudou o Lay do blog? ficou divino \o/\o/
    Muito Muito boa a resenha Polly! Parabéns \o/
    beijokas...
    http://fomesedeevontadedeler.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. É a primeira resenha sobre um livro psicografado que leio e gostei muito da história. Interessante! E capa linda. *-*

    Beijocas,

    Lu
    www.equinocioaprimavera.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Oi Polly!
    Olha eu confesso que antes tinha um certo receio por ser um livro espirita, pois não gosto muito desse gênero de leitura, mas depois da sua resenha fiquei curiosa pra ler e a capa é linda!

    Beijos
    Amanda
    leiturahot.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. duas palavras: PRECISO LER. Tenho um abismo por esses livros com influências históricas da Europa. Automaticamente adicionado à lista de desejados. Resenha muito boa !

    seguindo também, bjs http://cheirolivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. nossa... nunca li um livro com um enredo tao... chamativo *-*
    muito bom mesmo!! amei :33
    Abraaços...

    Isabele Alves
    @Recommended_
    http://livros-recomendados.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. Compra mesmo Nana. Ah, obrigada!
    Tenho certeza que quem ler, não vai arrepender!

    ResponderExcluir
  18. Deu maior vontade de ler, sou louca por livros espíritas então já viu né??

    Bjs

    ResponderExcluir
  19. Nossa, não tem cara de livro psicografado (ok, eu não li nenhum para saber). Mas a história realmente parece muito bonita! E a capa então!!! aiiii!!!!

    ResponderExcluir
  20. Nossa, isto que é capa! Ahh, eu quero este livro!

    ResponderExcluir
  21. Também gosto muito de livros Espíritas Luana, e entendo perfeitamente! :)
    A história é perfeita Nadja. Daquelas que a gente nunca esquece!

    ResponderExcluir
  22. Oie óOh, eu novamente =p
    Então menina, não gosto de livro espíritas e se li foi bem pouco, contudo estou curiosa e querendo ler esse aí, a capa é linda e chama bastante atenção.
    Bjs
    http://mahzinhasantana.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  23. Tenho certeza que você vai gostar muito deste livro Maria Silvana. A história de Ludmila é fascinante!

    ResponderExcluir
  24. Queerida,retribuindo a visitinha no meu blog,obrigado por visitar,e seu blog também é maravilhoso,eu sou fascinada por livros,e quando acho um blog...Menina,eu reviro isso tudo,e bom,adorei sua resenha,nunca tinha ouvido falar deste livro,mas sua resenha deixou um gostinho bom de "quero ler"...Está de parabéns!
    Beeijos

    ResponderExcluir
  25. Ameeei a capa! E como a maioria, tb nunca tinha ouvido falar do livro.
    Acho que nunca lí um livro psicografado.... Talvez esse venha a ser o primeiro! :)
    Beijinhos, Mandy
    CoffePlusBooks

    ResponderExcluir