Resenha: A Última Música

 
Título original: (The Last Song)
Autor: Nicholas Sparks
Editora: Novo conceito
Páginas: 408
★ ★ ★  
 
Aos dezessete anos, Verônica Miller, ou simplesmente Ronnie, vê sua vida virar de cabeça para baixo, quando seus pais se divorciam e seu pai decide ir para a praia de Wrightsville, na Carolina do Norte. Três anos depois, ela continua magoada e distante dos pais, particularmente do pai. Entretanto, sua mãe decide que seria melhor os filhos passarem as férias de verão com o pai na Carolina do Norte. Uma história inesquecível de amor, carinho e compreensão – o primeiro amor, o amadurecimento, a relação entre pais e filhos, o recomeço e o perdão – A Última Música demonstra, como só Nicholas Sparks consegue, as várias maneiras que o amor é capaz de partir e curar seu coração.

Ronnie ainda não consegue perdoar seu pai por tê-los abandonado, ela seu irmão e separado de sua mãe. Mas se ver obrigada a passar um verão com ele na Carolina do Norte. Seu pai é um pianista, e eles tocavam juntos na sua infância. Mas agora Ronnie se tornara uma garota rebelde e cheia de raiva, negando-se a tocar novamente. Nessa viagem ela conhece Will, um garoto que trabalha na oficina do pai, e nas horas vagas é voluntário, cuidando de animais. Ronnie e Will se apaixonam, e juntos enfrentam grandes obstáculos, dores e alegrias, e com o passar do tempo vão descobrir juntos o primeiro amor e o significado da palavra perdão.


Quando terminei de ler este livro, percebi que havia aprendido várias lições... Aprendi que muitas vezes não damos o valor merecido aos nossos pais, que as vezes é preciso perdoar e amadurecer. A última música é um livro fantástico e emocionante, que nós revela grandes supresas.
Quando comprei este livro já sabia que ia me apaixonar pela leitura, e em três dia já havia terminado. Romances sempre me comove, e essa história em especial me tocou bastante. Uma leitura leve e recheada de reflexões. A editora Novo Conceito fez um bom trabalho na estrutura do livro, e o autor Nicholas mais uma vez acertou em cheio. Os personagens são marcantes, se tornando quase reais. Ronnie é uma garota rebelde, frágil e delicada. Will é um rapaz apaixonante. Super recomendo.

1 comment

Fernanda 11 março, 2012

Um dos melhores livros que eu já li, O Nicholas Sparks é 10!

Postar um comentário